Analogic Love

Elementos da street culture vão sendo incorporadas na arte, moda e design a partir da década de 1950. Foi assim com o rock, hip-hop, música eletrônica e, mais recentemente, o grafite, que saiu das ruas e ocupa galerias hypadas ao redor do mundo.

Nos próximos anos, a tattoo deve ocupar a atenção do grande público, dando novos sentidos e direções como fonte de inspiração. Graças à programas como Miami Ink, sites especializados, blogues e estrelas como Angelina Jolie, a tatuagem deixou de ser uma manifestação restrita a pequenos grupos e guetos, atingindo todas as camadas da população sem distinções.

Mesmo sendo uma arte com mais de quatro mil anos e com um número incontável de fãs, existe um número tão grande quanto de pessoas que até gostariam de ter uma tattoo, mas não tem coragem de deixar essa marca definitiva.

Assim como aconteceu com o grafite, que preservou seus traços e cores, adaptando-se a outros meios que não só os muros da cidade, a tatuagem começa a seguir este caminho. Arthur de Camargo e Maria Fernanda Brum, casal de tatuadores, dividem seu tempo entre o estúdio e trabalhos em que seus traços deixam marcas em outras superfícies além da pele.

É a ANALOGIC LOVE.

Analogic Tattoo

ANALOGIC LOVE

Já que uma tattoo pode decorar um corpo, por que não pode estar em outras superfícies, como objetos, paredes, roupas?

Estamos desenvolvendo projetos específicos de tatuagem de superfície. Paredes, objetos, roupas, linha de beachwear.

A diferença é que não é uma estampa, a ANALOGIC LOVE utiliza os mesmos princípios da tatuagem. Ou seja, é como se fosse uma tatuagem feita no corpo, como pode ser observado na linha de underwear de Athos de Oliveira, comercializada no exterior.

Analogic Tattoo

Enquanto a tatuagem é um desenho que envolve partes do corpo, o trablho de pintura é uma outra possibilidade da compreensão do desenho.

Os princípios da tatuagem estão ali, mas dispostos de uma forma plana, como no caso dos muros da MiCasa e do Escritório de Arquitetura de Guilherme Torres, em Londrina, além de apartamentos descolados em São Paulo. É um trabalho que mistura os conceitos da street art e da tatuagem.

Analogic Love: Street art + Tatuagem na Pousada Finca Espírito Santo

Analogic Love: Street art + Tatuagem na Pousada Finca Espírito Santo/Ubatuba

Em outros casos, a analogia pode ser observada na execução de projetos em objetos em que a tridimensionalidade determina uma aproximação maior com a tatuagem feita no corpo.

O projeto Ice Box, onde a dupla literalmente tatuou duas geladeiras para a MiCasa. Arthur fez um body tattoo com uma gueixa da escola de tatuagem japonesa; e a Nanda utilizou elementos da old school, como a pin up, fechadura, chaves e diamantes para compor sua criação.

projeto Ice Box

texto: Ricardo Oliveros

Maria Fernanda & Arthur
Contato: (11) 4119-7870
analogiclove@gmail.com

5 Comentários to “Analogic Love”

  1. Muito bom os materias e projetos de vocês. Sou do Rio e atualmente moro em Joinville/SC onde tem ainda uma certa carência de grupos assim.

    Parabéns a todos.

  2. Gostei tanto do trabalho de vocês que me inspirei a escrever lá no meu blog. Parabéns por tanta criatividade e talento. Acessem lá e comentem: http://www.decorviva.blogspot.com. Beijo grande, Vivi Visentin.

  3. Olá, conheci o trabalho de vocês através do gnt e gostaria de adquirir uma de suas obras no formato de quadro mesmo. Qual o valor? Pode ser enviado para o RS?

    Obrigada

  4. Olá ! conheci o trabalho de vcs através de uma revista e gostaria de saber como faço p/ adquirir um quadro de samurai e de uma gueixa no formato de quadro. Qual o valor ? pode ser enviado p/ Taubaté-SP ? E se for p/ ser retirado na loja , qual o valor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: